7.10.13

Algo sobre mim

Às vezes eu,
Nesta relação monodialógica
Que todo mundo estabelece consigo,
Engano-me.

Inúneros minutos de conversa comigo
E de pensamentos,
E de críticas
E de piadas,
E de tristezas,
E de polissíndetos,

Para quando,
No momento em que eu paro,
E reflito sobre todo esse
Autoassunto que nunca acaba
                  - o que me torna muito interessante para mim -
Não recordar se o longo bate-papo
Ficou restrito à minha mente
Ou se eu o verbalizei
Em algum momento.

Às vezes no ônibus,
Às vezes nas salas,
Mas sempre,
Sempre a sensação de vergonha
Por não saber se me viram
Debatendo
Ou se apenas eu
fui debatedor e espectador.
Postar um comentário